sábado, 7 de novembro de 2015

À Flor da Pele - Carla Pepe


À Flor da Pele
By Carla Pepe

Hoje estou emotiva.
Em carne viva.
Pois sei que estou viva. 
Cansada, mas com fibra. 

Com os nervos à flor da pele.
Tão assim Gisele.
Igual a Emanuele.
Feito a Daniele. 

Hoje acordei chorando.
Minha alma sente falta do teu pranto.
"Minha mãe", quero teu colo tanto.
Deixa o infinito e vem me dar teu canto.

Ando tão insegura 
Me sentindo sem formosura.
Hoje quero apenas tua lisura. 
Teu sustento, tua estrutura. 

Amanhã será outro dia, 
dia de ousadia. 
Dia de Maria.
Dia de taquicardia. 

Mas hoje...hoje é dia de saudade
carne, sangue, sua divindade.
seu sorriso, sua voz, sua excentricidade.
Sua luz, sua cara, suas verdades.
Seus ensinamentos, seus princípios, sua bondade. 

Hoje estou tão assim...



Postar um comentário