segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

As 10 lições de 2015 - Carla Pepe


As 10 lições de 2015 
By Carla Pepe 


1)Quem define sou eu: mulher, louca, criança, Maria, vadia, intelectual, poetisa, contadora de histórias, arquiteta, engenheira, tudo e um pouco mais. Tomei banho de mangueira, pulei alto na piscina, tomei e dei caldo, gargalhei das coisas mais bobas, aprendi a dar uns socos. Meu limite é o céu;

2) Percebi que é melhor adotar crianças e cachorros a criar expectativas sobre os outros. "Eles são os outros e só", como diria Paula Toller;

3) Descobri minha capacidade de lutar pelo que acredito e de poder transformar o mundo, a começar por mim mesma. Acredito que a mudança do meu pequeno universo particular passa pela esquerda;

4) Descortinei um verdadeiro universo de sons, sabores, autores, poetas, filmes, séries. Se quiser, aceito sempre boas sugestões, podem ser em português, inglês, francês, japonês e até Swahilii;

5) Aprendi novas palavras (mitou, lacrou, manucu, rassifude, entre outras) e cultivei conceitos: ousadia, coragem, alegria, equilíbrio(esse ainda levo para continuar trabalhando em 2016). Ter ido em brinquedos de simulação foi um dos maiores desafios internos que enfrentei esse ano. E foi fantástico ver meu poder encarar de frente meus medos e inseguranças;

6) Falo o que eu penso, quando quero e para quem eu quero. Emprego um tempo valioso com as conversas que realmente valem a pena. Para mim, o diálogo é essencial para compreender a realidade. Sou capaz de mudar de opinião depois de dois dedos de prosa;

7) Conheci pessoas fantásticas: algumas sempre orbitaram em minha vida, mas pude conversar mais com elas em 2015 e ver o quanto tornam minha pequena existência diferente, o quanto acrescentam e o quanto me ensinam. Um brinde, com cerveja puro malte, às boas amizades;

8)  Meu sorriso é único, e mesmo que em alguns dias eu perca a vontade de sorrir, sempre haverá um novo amanhecer para começar tudo novo de novo;

9) Desvendei o início de um caminho singular, colorido, ladeira acima, sem estereótipos, rótulos, freios. Meu corpo é meu e é lindo. Me desnudei: passei a usar biquíni, decote, batom colorido, óculos colorido, blusa colorida, sainha, shortinho. Tudo muito colorido porque essa sou eu;

10) Quem me ama, me ama e pronto. Sabem quem eu sou, tem acesso a minha vida. Se quiser, pode chegar!!!

2015 o ano do nude!!! Que venha 2016 !!!







                                                                 
Postar um comentário