segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Espelho, espelho meu - Carla Pepe



Espelho, espelho meu
By Carla Pepe


De frente ao espelho
Ela se despe 
Alma e reflexo.

Concavo e convexo.
Sem medo.
Sem freio.

Sem arreio.
Contornos e curvas.
Delícia nua.
Em uma oração
Agradece em prece
Seu sexo
Sua matriz
Sua cicatriz
Seus seios fartos

Nos grandes braços.
Sua boca carnuda
Sua pele desnuda.
Sua barriga saliente
Suas nádegas envolventes
Sem medo se vê
Reza o amor e crê
Em si
Nos grandes abraços
Nos gostosos amassos
O espelho responde

E ela sorri
Enfim se vê
Toda Crua.
Tão sua.
Enfim...




Postar um comentário