terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Dias de chuva - Carla Pepe



Dias de chuva
By Carla Pepe 

Ela também tinha dias sem sorriso.
Dias de chuva.
Dias de granizo.
Dias de coração em relâmpago.
Ela também chora num canto.
A tristeza que invade seu recanto.
Ela tem dias sem vontade de dançar.
Dias em que ela quer apenas deitar.
Quer ficar ali e se amar.
A moça chora o desencontro e o desencanto.
Deixa cair seu pranto, todo cansaço por enquanto.
Sim, porque a moça já aprendeu que para o sol nascer
é preciso deixar a noite morrer.





Postar um comentário