terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Sobre a vida - Carla Pepe

Sobre a vida...
By Carla Pepe
A vida é um grande perder-se, é a arte de deixar ir, deixar fluir, de entender que nada, nem você mesmo, se pertence. A verdadeira alegria está neste lançar-se nas paixões e nas descobertas: do primeiro amor, do segundo, da aventura da paixao, da beleza desnuda, do corpo no espelho, do elogio inesperado, da amizade verdadeira, do encontro desejado.
A essência da vida está em sorrir de verdade para moça que passa, para o rapaz que de tudo acha graça, para o menino da praça. Essencial é escutar o desabafo do amigo, o elogio sincero, a risada gostosa da moça tão séria, o silêncio do cara que é sempre tão debochado.
A vida é eterno aprender, como se na escola sempre estivéssemos. Pois é com ela que aprendemos a ser solidários com aqueles que tanto precisam do abraço afetivo, do carinho amigo e do beijo. Também, na vida, é necessário se jogar com paixão na cama desfeita, sem vergonha, se abrir ao prazer.
Por isso, um aviso aos navegantes, de quem na vida é também viajante, se lance sem receio e manche, pois dela não escapará sem revanche, mas terá em mim, além de sincera amiga, boa amante, pois da vida levamos apenas os encontros, as histórias e os sorrisos cativantes.
"A vida, meu amor, é uma grande sedução onde tudo o que existe se seduz. Aquele quarto que estava deserto e por isso primariamente vivo. Eu chegara ao nada, e o nada era vivo e úmido." A Paixão segundo G.H., Clarice Lispector.


Postar um comentário