sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Ultimo bloco - Carla Pepe


Ultimo bloco
By Carla Pepe 

Pulei o último bloco da loucura banal.
Beijei, me abaixei, me fartei.
De paixão me embriaguei.
Mas recobrei a consciência afinal.
Retornei inteira da ressaca de carnaval.
Procurei a dose da sanidade mental.
Dor de cabeça que não passa.
É o coração que chora sem graça.
A embriaguez embaraçosa.
da moça dadivosa.
Que agora não se lembra da paixão de outrora.
do rapaz do bloco de aurora.




Postar um comentário