quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Rosa-Rose (Carla Pepe)

Rosa-Rose (Carla Pepe)

Rose, Rosa, Maravilhosa Rosa da minha vida.
Flor que perfumou meu andar, meu falar.
Me ensinou a sorrir, a chorar, a amar,
a crer que de tudo sou capaz,
a não desistir jamais.
Mãe que me ninou, me abrigou,
me empurrou, me amou.
Mãe, saudade eterna, da sua risada,
do seu olhar, da sua voz, da sua gargalhada,
do seu amor certo, do sua decisão incerta.
Do teu ventre eu nasci, do teu ventre veio o presente.
Claudia, claudinha, pequeninha, presente da vida.
Irmã preciosa, defensora graciosa,
Minha outra metade, minha força de vontade.
Irmã-Mãe que me presentou com Caetano.
Caetano, luz que produz amor na minha vida.
Sol que ilumina cada manhã infinita.
Entrega que se lança nos meus braços na certeza de que é amado.
Tete, teteca, tequinha, vaquinha.
Irmã emprestada, mais do que amada.
Vida, família, amor, perdão,
claudia, caetano, tete, rosa, rose,
mãe, Maria, saudade, infinito, plenitude,
EU.
Postar um comentário