quarta-feira, 2 de março de 2016

Nanoconto da borboleta

Nanoconto da borboleta
By Carla Pepe
‪#‎Carla440‬
Tudo que ela era queria era um beijo molhado, bem demorado, um abraço apertado, ele do seu lado até de manhã. Queria uma noite bem quente de suor caliente. De mil posições a penetrar-lhe. Queria voar no seu corpo. Queria sentar em sua alma. 
Mas borboleta não se prende ao chão, calçou seu salto,colocou seu batom e foi para noite voar. Lugar de borboleta e no céu.




Postar um comentário